! Bolsas asiáticas sobem com bons dados de emprego da Austrália - 08/10/2009 - Reuters - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

08/10/2009 - 07h59

Bolsas asiáticas sobem com bons dados de emprego da Austrália

Por Susan Fenton

HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia terminaram em alta nesta quinta-feira, após dados de emprego na Austrália surpreendentemente fortes levantarem esperanças de uma forte recuperação econômica global.

Os dólares australiano e neozelandês atingiram novas máximas em 14 meses, enquanto o ouro alcançou outro nível recorde.

Os mercados acionários asiáticos receberam impulso inicial da Alcoa, que iniciou a temporada de resultados dos Estados Unidos com um lucro surpreendente.

Um inesperado aumento de empregos na Austrália no mês passado, bem como dados econômicos melhores fora da Coreia do Sul, contribuíram com sinais de que a recuperação global pode estar acelerando.

A bolsa de SYDNEY saltou 1,55 por cento, atingindo o maior patamar de fechamento em um ano, motivada por bancos e pela notícia de que a Austrália criou mais de 40 mil empregos no mês passado.

Na terça-feira, o banco central australiano elevou a taxa básica de juro do país em 0,25 ponto percentual, para 3,25 por cento, sinalizando que já é seguro retirar as políticas de estímulo adotadas para conter a crise.

Mais tarde, o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra devem decidir pela manutenção da taxa de juros em uma reunião nesta quinta-feira, em meio a condições econômicas mais fracas que na Austrália.

"Nós não esperamos surpresas de Trichet, embora o mercado continue sensível a quaisquer comentários dele com relação à taxa de câmbio", disse Matthew Strauss, estrategista sênior de câmbio da RBC Capital, na Austrália.

O índice Nikkei, de TÓQUIO, subiu 0,34 por cento, para 9.832 pontos, puxado por ganhos de firmas de exportação, conforme o índice de frete marítimo do Báltico alcançou a máxima em 7 semanas, sugerindo que a demanda global pode estar se recuperando.

As ações da Mitsui OSK Lines e da Nippon Yusen KK dispararam 5,8 e 7,3 por cento, respectivamente.

Preocupações sobre a recente firmeza do iene, contudo, limitaram o avanço e a Sony cedeu 0,6 por cento.

O mercado de SEUL ganhou 1 por cento, ajudado por dados melhores de exportação e vendas no varejo.

Os números incitaram expectativas de que o Banco da Coreia elevará a taxa básica de juro do país em breve, para evitar pressões inflacionárias enquanto a economia se recupere.

A bolsa de HONG KONG avançou pelo quarto dia consecutivo, exibindo alta de 1,18 por cento. Xangai permanece fechada até sexta-feira por feriado.

Na contramão, TAIWAN recuou 1,38 por cento, após encerrar no nível mais alto em quase 16 meses na véspera, conforme dúvidas sobre a perspectiva para as companhias do setor de tecnologia incentivaram alguma realização de lucros.

Às 07h55 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne as principais ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,38 por cento, para 400 pontos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host