UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 08h14

Alimento acelera queda e inflação pelo IPC-S desacelera a 0,01%

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou em outubro, devido a uma queda maior dos preços de alimentos e a um arrefecimento da alta de Vestuário.

O indicador teve variação positiva de 0,01 por cento em outubro, ante alta de 0,18 por cento em setembro. Na terceira leitura de outubro, o índice havia subido 0,04 por cento.

"Foi o menor resultado desde a quarta semana de setembro de 2008, quando o IPC-S apresentou variação de menos 0,09 por cento", afirmou a FGV em nota.

A previsão de analistas consultados pela Reuters era de alta de 0,04 por cento para outubro.

Os preços de Alimentação caíram 0,95 por cento no mês passado, ante baixa de 0,11 por cento em setembro.

Os custos de Vestuário avançaram 0,29 por cento em outubro, após alta anterior de 0,42 por cento. Os de Despesas Diversas declinaram 0,19 por cento no mês passado, ante elevação de 0,80 por cento no anterior.

Já os preços de Transportes, de Saúde e de Habitação subiram em ritmo maior em outubro que em setembro.

As principais quedas individuais de preços foram de mamão papaia, leite longa vida, manga, limão e cenoura. As maiores altas foram de cebola, álcool combustível, tomate, gás de botijão e gasolina.

(Por Vanessa Stelzer)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host