UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 15h35

Índice fecha no menor nível em 1 mês por bancos

LONDRES (Reuters) - O principal índice das bolsas de valores da Europa caiu ao menor nível em um mês nesta terça-feira, à medida que resultados decepcionantes do UBS e o plano do Royal Bank of Scotland de liquidar parte de seus negócios para limitar a ajuda governamental golpeou o setor bancário.

O índice FTSEurofirst 300, que mede o desempenho das principais ações do continente, fechou em baixa de 1,16 por cento, para 968,93 pontos, menor patamar de encerramento desde o início de outubro.

O indicador, que despencou 45 por cento no ano passado, ainda acumula valorização de 16 por cento em 2009 e disparou 50 por cento desde a mínima recorde no começo de março.

Os papéis do setor financeiro estiveram entre os de pior desempenho. O índice europeu de bancos DJ STOXX, que decolou 150 por cento desde março, caiu 2,7 por cento depois de atingir o menor patamar desde meados de agosto.

"As pessoas estão preocupadas com o setor bancário mais uma vez porque tivemos alguns resultados de instituições europeias que vieram um pouco piores que o esperado", disse o economista-chefe da KBC Securities, Luc Van Hecka.

"Neste mercado, se você tem um avanço de cerca de 60 por cento, não é incomum que haja algumas correções temporárias, que podem chegar facilmente a 10 e 15 por cento. Mas os fundamentos ainda estão de um jeito que isso (a correção) não irá muito longe."

As ações do UBS caíram 5,8 por cento depois que obrigações contáveis maiores que o esperado levaram o banco ao quarto trimestre seguido de prejuízo, com saques de 36,6 bilhões de francos suíços (36 bilhões de dólares) em sua principal unidade em negócios de gerenciamento de ativos.

Uma reestruturação nos bancos britânicos Royal Bank of Scotland e Lloyds Banking Group, e as estimativas da Comissão Europeia depois dos resultados de testes de estresse no setor bancário mostrando que as perdas podem chegar a 400 bilhões de euros (590 bilhões de dólares) em 2009 e 2010, também levantaram questionamentos sobre o setor.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 1,32 por cento, a 5.037 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,43 por cento, para 5.353 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,52 por cento, para 3.584 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização 1,58 por cento, para 21.496 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 1,95 por cento, para 11.242 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda 1,22 por cento, para 8.278 pontos.

(Por Atul Prakash)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host