UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 06h50

Lucro da CSN dispara no 3o tri após venda da Namisa

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhisa Siderúrgica Nacional registrou um salto no lucro líquido do terceiro trimestre, catapultado pela operação de venda de parte de sua unidade de mineração Namisa a um consórcio asiático, ocorrida no ano passado.

A CSN teve lucro líquido de 1,15 bilhão de reais no terceiro trimestre, ante lucro de 40 milhões de reais em igual período do ano passado, que foi duramente impactado na ocasião por perdas com contratos derivativos.

Analistas consultados pela Reuters esperavam em média um lucro de 543 milhões de reais no terceiro trimestre. O resultado do segundo trimestre foi positivo em 335 milhões de reais.

A CSN concluiu em outubro do ano passado venda de 40 por cento da unidade Namisa para o consórcio asiático Big Jump Participações por 3,12 bilhões de dólares.

"No terceiro trimestre, o lucro líquido atingiu 1,15 bilhão de reais, um crescimento de 815 milhões de reais em relação ao segundo trimestre, basicamente pela melhora do resultado operacional e pela incorporação da Big Jump Energy pela Namisa e seu reflexo nos resultados da CSN", informou a empresa em relatório.

A geração de caixa medida pelo Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- foi de 992 milhões de reais de julho a setembro, contra 2,09 bilhões de reais um ano antes. A margem no período passou de 52 para 33 por cento, mas na comparação com o segundo trimestre, houve ganho de quatro pontos percentuais.

A receita caiu para 2,986 bilhões de reais no trimestre encerrado em setembro, queda de 26 por cento ante o mesmo intervalo do ano passado. Sobre o segundo trimestre deste ano, houve alta de 20 por cento, sinalizando uma recuperação nos mercados consumidores de aço, notadamente linha branca e automotivo.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host