UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/11/2009 - 08h35

China manterá políticas pró-crescimento, dizem autoridades

PEQUIM, 5 de novembro (Reuters) - As autoridades chinesas reafirmaram nesta quinta-feira política pró-crescimento, mesmo com a recuperação agora em ritmo sólido.

Guo Qingping, diretor-assistente do banco central, disse em um fórum financeiro que o BC manterá sua política monetária "apropriadamente afrouxada" e assegurará uma quantia apropriada de liquidez no sistema bancário.

Chen Dongqi, um pesquisador sênior do governo, afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) vai crescer 10,5 por cento no ano que vem, graças em grande parte à recuperação das exportações.

As exportações devem subir 10 por cento em 2010, afirmou Chen, vice-diretor do instituto macroeconômico da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, acrescentando que a inflação deve acelerar no ano que vem, mas ficar abaixo de 3 por cento.

Yao Jingyuan, economista-chefe da Agência Nacional de Estatísticas, afirmou em um evento que a China precisa manter "a consistência e a estabilidade" das políticas macroeconômicas, pelo menos por enquanto.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host