UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 17h41

Exportação de café do Brasil cai ante 2008, mas sobe no ano

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de café verde do Brasil atingiram 2,53 milhões de sacas em outubro, queda de 10 por cento em relação aos 2,8 milhões de sacas verificadas no mesmo mês do ano passado, informou o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) nesta sexta-feira.

Mas o volume embarcado no mês passado registrou um aumento em relação a setembro, quando o Brasil exportou 2,4 milhões de sacas. Além disso, os embarques de outubro foram os maiores do ano 2009/10 iniciado em julho.

"Em relação ao ano passado, essa queda é normal, pois neste ano a safra é menor, então é natural que nesses meses iniciais da safra tenha um volume um pouco menor", afirmou o diretor-executivo do Cecafé, Guilherme Braga, em entrevista.

A temporada 2009/10 é a de baixa no ciclo bianual do arábica.

"Realmente, neste ano-safra tivemos uma colheita mais lenta, tivemos problemas de chuva, mas daqui pra frente vai crescendo", acrescentou.

Segundo ele, as exportações em novembro e dezembro devem ser superiores a outubro, mas ainda menores na comparação com os mesmos meses do ano passado, quando o Brasil tinha colhido uma grande safra, no ano de alta do ciclo do arábica.

Entretanto, o diretor lembrou que o mercado vai trabalhar em novembro com expectativa em relação aos contratos de opções do governo, que começam a ser exercidos.

ARÁBICA E ROBUSTA

As exportações de café arábica atingiram 2,47 milhões de sacas em outubro, ante 2,61 milhões de sacas no mesmo mês do ano passado.

Já os embarques de café robusta somaram no mês passado 66,7 mil sacas, ante 197,8 mil sacas em outubro de 2008.

Os embarques de café solúvel foram de 250 mil sacas (equivalentes), ante 262 mil sacas em outubro do ano passado.

Já os embarques totais atingiram 2,78 milhões de sacas, contra 3 milhões no mês do ano passado, segundo o Cecafé.

(Por Roberto Samora)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host