UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 07h47

G20 concorda ser cedo para encerrar estímulos, diz ministro britânico

Por Sumeet Desai

LONDRES (Reuters) - As autoridades do G20 concordam que é cedo demais para encerrar os pacotes de estímulo econômico, já que a recuperação global ainda é frágil, disse o ministro das Finanças britânico, Alistair Darling, em entrevista à Reuters.

Darling é o anfitrião da terceira reunião neste ano dos ministros das Finanças e autoridades de bancos centrais do G20 na Escócia, nesta sexta-feira, que visa caminhar com os acordos fechados no encontro anterior, em setembro.

Desde aquele encontro surgiram sinais de que a economia mundial está finalmente saindo da pior recessão em décadas, mas Darling disse que é prematuro declarar vitória e que as medidas excepcionais adotadas por vários países durante a crise precisam continuar em vigência por enquanto.

"Acho que podemos chegar a um acordo para assegurar que não removeremos o apoio muito cedo, porque a recuperação não está se estabilizando em todos os lugares", disse ele.

O principal debate da reunião provavelmente será como conseguir um crescimento mais equilibrado no futuro e prevenir novas crises.

"Há um consenso de que podemos trabalhar juntos para que a próxima década seja de crescimento e de geração de empregos", afirmou Darling.

"O essencial neste fim de semana é como fazer isso, mas estou confiante de que as pessoas querem se empenhar nisso."

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host