UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 15h21

Ações europeias fecham no maior nível em 3 semanas

LONDRES (Reuters) - O principal índice das ações europeias terminou em alta nesta quinta-feira, no maior nível de fechamento em três semanas, com o setor de telecomunicações liderando o avanço após a divulgação de balanços, enquanto empresas aéreas ganhavam espaço por notícias de fusões e aquisições.

O índice FTSEurofirst 300, que mede o desempenho das principais ações da região, subiu 0,11 por cento, a 1.014 pontos, maior patamar de encerramento desde 21 de outubro.

O indicador, que despencou 45 por cento no ano passado, tem alta de 22 por cento em 2009 e 57 por cento desde a mínima recorde, no início de março.

As ações de companhias de telecomunicação estiveram entre as líderes de ganhos, depois de a britânica BT Group elevar sua perspectiva para o ano, e após a Telefonica dizer que os negócios na Espanha, país abalado pela recessão, estão recuando mais lentamente.

Os papéis do BT Group subiram 3,7 por cento, enquanto os da Telefonica cresceram 1,3 por cento. TeliaSonera ganhou 6,2 por cento depois de a maior operadora de telefonia da região Nórdica e o Alfa Group informarem que vão unir seus ativos móveis da Eurásia.

"Estou fundamentalmente cético, mas o mercado ainda tem um viés positivo no curto prazo", disse Giuseppe-Guido Amato, estrategista da Lang & Schwarz.

"Podemos ter um recuo aqui, mas temos visto que podemos nos recuperar muito rapidamente após um período de perdas, e isso é um bom sinal", acrescentou.

O mercado também obteve suporte de dados mostrando que o número de trabalhadores norte-americanos que deram entrada em novos pedidos de auxílio-desemprego caiu pela segunda semana seguida, ao passo que a média de pedidos em quatro semanas foi a menor em quase um ano, sinalizando melhora no mercado de trabalho.

Mas as ações de companhias ligadas a petróleo cederam, abatidas pelos fracos preços da commodity. BP, Royal Dutch Shell e Total recuaram entre 0,4 e 0,9 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,19 por cento, a 5.276 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX teve oscilação negativa de 0,08 por cento, para 5.663 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,17 por cento, para 3.808 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,25 por cento, para 23.209 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 0,28 por cento, para 11.834 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda de 0,43 por cento, para 8.489 pontos.

(Por Atul Prakash)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host