UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 08h13

Wall Street e commodities pesam sobre bolsas da Ásia

Por Wayne Cole

SYDNEY (Reuters) - A maior parte das bolsas de valores da Ásia encerrou a sexta-feira em queda, acompanhando a baixa da véspera em Wall Street e abatida por perdas em commodities.

Alguns analistas culparam as perdas em Nova York pelas preocupações sobre o consumo norte-americano, enquanto outros disseram que o rali de nove meses do mercado está indo além dos fundamentos econômicos.

O índice MSCI de ações da região Ásia Pacífico com exceção do Japão operava praticamente estável às 8h10 (horário de Brasília), com oscilação positiva de 0,04 por cento, depois de operar em baixa mais cedo.

O Dow Jones caiu 0,91 por cento e o Standard & Poor's 500 recuou 1,03 por cento na quinta-feira, quando o Wal-Mart previu que o lucro na temporada de feriados de fim de ano pode ficar abaixo do esperado pelo mercado, já que os consumidores ainda lidam com um elevado desemprego.

"É inevitável para os exportadores da Coreia e da China sejam atingidos à medida em que os varejistas norte-americanos não devem ter uma boa temporada de compras nos feriados", disse Choo Hee-yeop, estrategista do Korea Investment & Securities.

A bolsa de TÓQUIO caiu 0,35 por cento, para 9.770 pontos. Além do desânimo de Wall Street, pesaram no mercado as perdas de papéis de usinas siderúrgicas em meio à queda dos preços dos metais não-ferroros.

O mercado de SYDNEY caiu 0,87 por cento, para 4.706 pontos, com a queda dos papéis ligados a commodities.

Na COREIA DO SUL, a bolsa teve variação negativa de 0,05 por cento. A preocupação sobre o consumo derrubou ações como as da LG Electronics e da Samsung SDI.

Na contramão, a bolsa de HONG KONG teve alta de 0,70 por cento, a 22.553 pontos, e a de XANGAI subiu 0,46 por cento, para 3.187 pontos. O ânimo veio de uma previsão positiva do Industrial and Commercial Bank of China e de negociações sobre fusões e aquisições.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host