UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 10h50

Zona do euro sai da recessão mais fraca que o esperado

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) - A economia da zona do euro saiu da recessão no terceiro trimestre, mas o crescimento foi um pouco menor que o esperado.

O Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,4 por cento sobre o segundo trimestre, após cinco trimestres seguidos de contração. Sobre o terceiro trimestre de 2008, houve retração de 4,1 por cento, informou a agência de estatísticas Eurostat nesta sexta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam alta trimestral de 0,5 por cento e declínio anual de 3,9 por cento.

"A zona do euro saiu da recessão em um trote e não em um meio galope", disse Howard Archer, economista do IHS Global Insight.

Alemanha cresceu 0,7 por cento no terceiro trimestre sobre o segundo, abaixo da estimativa de 0,8 por cento. A expansão de 0,3 por cento da França foi a metade do esperado pelo mercado. Na Itália, houve avanço de 0,6 por cento, contra prognóstico de 0,7 por cento.

Itália e Holanda voltaram a crescer após várias quedas, mas a Espanha manteve-se em contração, embora em ritmo menor.

O dado do PIB da zona do euro é preliminar e os componentes serão divulgados apenas em 3 de dezembro.

O crescimento apurado encerra a mais longa recessão da zona do euro desde a Segunda Guerra Mundial, mas economistas alertam que a recuperação ainda é frágil.

A Comissão Europeia estima que a expansão irá desacelerar a 0,2 por cento no quarto trimestre e a 0,1 por cento nos dois primeiros trimestres de 2010.

"Essa perda de força é prevista em consequência da retirada de algumas medidas de estímulo", disse Howard Archer, economista do IHS Global Insight.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host