UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/11/2009 - 20h13

Wall St fecha em alta após comentários de Bernanke

NOVA YORK (Reuters) - As principais bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram valorizadas nesta segunda-feira, renovando as máximas de fechamento em 13 meses, após o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, reforçar expectativas de que as taxas de juros permanecerão baixas para estimular o crescimento da economia.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 1,33 por cento, para 10.406 pontos. O Nasdaq Composite subiu 1,38 por cento, para 2.197 pontos. O Standard & Poor's 500 ganhou 1,45 por cento, para 1.109 pontos.

Bernanke reiterou que o Fed provavelmente manterá as taxas de juros excepcionalmente baixas por "um período prolongado", o que pesou sobre o dólar e estimulou investidores a procurarem ações de companhias de recursos naturais, à medida em que os preços das commodities globais, do ouro ao trigo, tiveram alta.

Em discurso antes de apresentar-se ao Economic Club de Nova York, Bernanke afirmou que a recuperação não será tão robusta quanto inicialmente esperado, ao mesmo tempo em que o desemprego cresce e o crédito bancário ainda apertado são barreiras significantes.

O índice S&P para os segmentos de matérias-primas e de energia avançaram mais de 2,3 por cento cada. As ações da Exxon Mobil, em alta de 2,7 por cento, e as da Caterpillar, com valorização de 2,8 por cento, estiveram entre as de melhor desempenho individual.

(Por Ellis Mnyandu; Colaborou Rodrigo Campos)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host