UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 10h24

Leilão de biodiesel da ANP tem deságio de 1% e fecha em R$2,33/l

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O 16o leilão de biodiesel do governo, realizado na terça-feira, registrou deságio de 1 por cento e vendeu toda a oferta de 575 milhões de litros, volume suficiente para atender a mistura de 5 por cento ao diesel no primeiro trimestre do ano que vem.

O preço do produto caiu para 2,33 reais o litro, em relação ao preço de referência de 2,35 reais. No 15o leilão, em agosto, o deságio havia sido de 1,48 por cento e o preço de venda ficado em 2,27 reais o litro.

Quarenta empresas conseguiram colocar seu produto, com destaque para a Granol, que ofereceu o maior volume de biodiesel: 80 milhões de litros, sendo 44,1 milhões de litros da unidade produtora de Anápolis (GO) e 35,9 milhões de litros da unidade de Cachoeira do Sul (RS), informou a ANP.

Participaram produtores de 15 Estados, sendo o Centro-Oeste a maior região vendedora, com cerca de 244 milhões de litros de biodiesel.

A região Sul ficou em segundo lugar, com 132 milhões de litros, seguida das regiões Sudeste (110 milhões de litros), Nordeste (65 milhões de litros) e Norte (24 milhões de litros), em valores aproximados.

A mistura de 5 por cento passa a valer a partir de janeiro, um aumento em relação ao volume misturado de biodiesel no diesel, de 4 por cento atualmente.

Veja mais sobre o assunto clicando em

(Por Denise Luna)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host