UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 10h30

Trichet diz que bancos não podem se viciar em liquidez

FRANKFURT (Reuters) - Os bancos correm risco de se viciarem nos recursos baratos e abundantes dos bancos centrais, disse nesta sexta-feira o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, destacando que esse dinheiro será retirados quando a situação normalizar.

Trichet ainda alertou os bancos de que os contribuintes não tolerarão que o setor financeiro volte aos grandes riscos e pagamentos de bônus depois de um generoso apoio público para ajudar o setor durante a crise financeira.

"Tratamentos de emergência e remédios fortes são necessários algumas vezes. Mas se o uso é prolongado, eles podem levar à dependência ou mesmo vício", disse.

"Uma hora, a administração de analgésicos deve ser interrompida se os pacientes voltarem a caminhar com seus próprios pés".

Trichet não deu mais informações sobre como o BCE irá anular gradualmente as medidas de estímulo. As autoridades monetárias do BCE se encontraram na quinta-feira para discussões antes da reunião de 3 de dezembro.

Ele afirmou ainda que apesar dos desenvolvimentos "benignos" no setor financeiro, é muito cedo para declarar o fim da crise.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host