UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/11/2009 - 14h23

Citi tentou vender participação ao Brasil, diz Lobão

Walter Brandimarte
Em Nova York

(Texto atualizado às 15h17)

O Citigroup ofereceu uma participação do banco ao governo brasileiro no início do ano, quando buscava levantar capital para superar a crise financeira, afirmou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, nesta terça-feira.


Contudo, o governo brasileiro rejeitou a oferta, no entendimento de que a economia precisava se recuperar da crise primeiro, disse Lobão em conferência com investidores em Nova York.

"Acho que foi uma boa oportunidade que perdemos", disse Lobão, acrescentando que sua fonte para a informação foi o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Mas qualquer governo prudente teria cautela naquele momento. E o Brasil foi cauteloso", disse ele a jornalistas após a conferência, organizada pela Câmara de Comércio Brasileiro-Americana em Nova York.

Lobão não tinha mais detalhes para dar sobre o assunto.

No ano passado, o fundo soberano de Abu Dhabi adquiriu uma fatia de 4,9% do Citigroup por US$ 7,5 bilhões.

Neste ano, o governo norte-americano assumiu fatia de 34% do banco, tornando-se seu maior acionista, após ter socorrido a instituição financeira em fevereiro.

(Reportagem de Walter Brandimarte)
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host