UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/11/2009 - 11h55

PIB dos EUA do 3º tri é revisto para baixo para expansão de 2,8%

 

WASHINGTON, 24 de novembro (Reuters) - A economia dos Estados Unidos cresceu no terceiro trimestre em ritmo mais lento do que o anteriormente estimado, enfraquecida por fortes importações e baixos investimentos em estruturas não-residenciais.

A segunda leitura do Produto Interno Bruto (PIB) apontou nesta terça-feira alta a uma taxa anualizada de 2,8%, segundo o Departamento de Comércio, contra leitura preliminar de expansão de 3,5%.

Mesmo com a revisão para baixo, o crescimento ainda é o maior desde o terceiro trimestre de 2007 e marca a volta da economia para o terreno positivo após quatro trimestres de queda, provavelmente encerrando a pior recessão em 70 anos.

No segundo trimestre, a economia havia encolhido 0,7%.

No terceiro trimestre, as importações saltaram 20,8%, maior alta desde o segundo trimestre de 1985, dado revisado sobre a leitura preliminar de 16,4%. As importações tiraram 2,53 pontos percentuais do PIB.

A construção de estruturas não-residenciais caiu 15,1%, ante dado preliminar de queda de 9%.

O gasto do consumidor subiu 2,9%, revisão para baixo ante o dado preliminar de 3,4%, mas ainda a maior alta desde o primeiro trimestre desde 2007. No segundo trimestre, o gasto havia caído 0,9%.

   (Por Lucia Mutikani)
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host