UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

21/12/2009 - 08h00

Setor bancário pesa e parte das Bolsas asiáticas fecha em queda

Por Charlotte Cooper

TÓQUIO (Reuters) - A maior parte das principais bolsas asiáticas teve uma segunda-feira de queda, com os bancos pesando e ações do setor de tecnologia em alta, enquanto o dólar se manteve firme contra o iene, operando perto da maior alta em três meses contra o euro.

A bolsa de HONG KONG cedeu 1,08 por cento, a 20.948 pontos. Enquanto isso, XANGAI operou em baixa, pressionada por preocupações de que a China possa tomar medidas para desacelerar o mercado imobiliário, antes de encerrar em alta leve de 0,29 por cento.

Apesar de bancos terem aliviado preocupações de que possa haver necessidade de provisões contra a exposição à dívida de Dubai, ações do HSBC recuaram 1,09 por cento.

Na Coreia do Sul, a bolsa de SEUL perdeu 0,17 por cento, com bancos como o KB Financial Group pesando contra exportadores do ramo tecnológico como a LG Electronics.

"Mas os bancos estão pressionados em meio a notícias recentes que apontam para um ambiente de regulação mais rígida, potencialmente piorando as margens com juros", disse Kwak Joong-bo, analista de mercado na Hana Daetoo Securities.

O índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico exceto Japão recuava 0,71 por cento, a 394 pontos, às 7h56 (horário de Brasília).

A bolsa de TÓQUIO subiu 0,41 por cento, para 10.183 pontos, com a ação de empresas de tecnologia como a Advantest Corp contribuindo para os ganhos.

"Os investidores receberam bem os resultados da Oracle e da RIM no fim de semana, bem como o iene mais fraco", disse Norihiro Fujito, gerente geral de pesquisa de investimento na Mitsubishi UFJ Securities, em Tóquio.

A bolsa de SYDNEY caiu 0,33 por cento, a 4.635 pontos, mas a companhia aérea Qantas Airways subiu depois de voltar ao lucro.

CINGAPURA teve baixa de 0,56 por cento e TAIWAN avançou 0,43 por cento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host