UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 07h17

Chefe do BC japonês promete juros baixos e combate à deflação

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O presidente do Banco do Japão, Masaaki Shirakawa, prometeu nesta segunda-feira manter a política monetária afrouxada para ajudar a tirar o país da deflação, acalmando um governo que tem pressionado o banco central para fazer mais para dar suporte à economia.

Em sua primeira aparição pública desde que Naoto Kan tornou-se ministro das Finanças em 6 de janeiro, Shirakawa deu poucas pistas sobre se haverá mais afrouxamento à frente.

Mas ele reiterou a determinação do BC de lutar contra a deflação mantendo o juro bastante baixo.

"O BC reconhece ser muito importante para a economia do Japão combater a deflação e voltar ao crescimento sustentável com estabilidade de preços", disse Shirakawa em discurso em um evento.

O ministro Kan afirmou que o governo também quer superar a deflação e assegurar o crescimento econômico.

"Olhando à frente, existem riscos como uma maior deterioração do emprego e da deflação, e a base para a economia voltar a um ritmo de crescimento forte e liderado pela demanda privada segue fraca", disse Kan nesta segunda-feira, em seu primeiro discurso ao parlamento como ministro das Finanças.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host