UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 16h59

Petrobras avalia aumentar capacidade do Comperj

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, informou que vai levar na próxima quinta-feira à reunião de diretoria da empresa proposta para ampliar a capacidade instalada do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), cuja previsão inicial é de processar 150 mil barris por dia de petróleo pesado.

"Podemos aumentar a capacidade, colocar mais produtos sem afetar o cronograma", disse Costa a jornalistas nesta segunda-feira, explicando que a refinaria é modulada e, portanto, bastaria acrescentar mais módulos.

A previsão de entrada em funcionamento do Comperj é 2013. Costa explicou ainda que um eventual aumento seria focado na produção de diesel, mas não especificou de quanto seria essa ampliação.

Segundo ele, apesar da descoberta de petróleo leve na região pré-sal, a ampliação de uma refinaria focada em petróleo pesado é necessária, já que a maior parte da commodity brasileira é dessa qualidade.

"Sessenta por cento das nossas reservas hoje são de petróleo pesado. Mesmo com a entrada do petróleo leve do pré-sal, ainda vamos precisar refinar o petróleo pesado", completou o diretor.

(Por Denise Luna)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host