UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/01/2010 - 08h46

Fixação de preço de oferta secundária da PDG ocorre dia 4

SÃO PAULO, 4 de janeiro (Reuters) - Os coordenadores da oferta secundária da incorporadora PDG Realty vão definir o preço das ações em 4 de fevereiro, com o período de reserva começando em 26 de janeiro, informou a companhia focada em moradias voltadas à baixa renda nesta terça-feira.

O principal acionista, o fundo FIP PDG I, vai oferecer 97.084.946 ações ordinárias em um lote inicial que poderá ser acrescido por até 14.562.742 papéis, perfazendo 111,7 milhões de ações que compõem a participação de 28,64 por cento do fundo.

Pelo valor de fechamento das ações da PDG na véspera, de 16,20 reais, a operação pode movimentar 1,808 bilhão de reais, considerando os dois lotes de papéis.

Segundo o comunicado publicado pela PDG Realty nesta terça-feira, o período de reserva vai até 3 de fevereiro. Entre os coordenadores da operação estão Credit Suisse, BYG Pactual, Itaú BBA, Goldman Sachs, Santander e Bradesco BBI.

Investidores de varejo podem reservar papéis num volume entre 3 mil e 300 mil reais. Nesse caso, o volume da oferta será de entre 10 e 11 por cento do total de ações iniciais, sem considerar o lote suplementar.

A oferta secundária consolidará a dispersão acionária da PDG Realty. Os demais 71,36 por cento do capital da empresa estão em circulação no mercado.

A operação é um desdobramento da venda do banco Pactual pelo suíço UBS, já que os cotistas do FIP PDG são ex-sócios do Pactual, que poderão "realizar novos investimentos de forma independente", conforme comunicado da PDG Realty ao mercado.

Em outubro passado, a incorporadora realizou uma oferta primária e secundária que movimentou 1,06 bilhão de reais. Desse total, 784 milhões de reais reforçaram o caixa da companhia e 274,4 milhões de reais foram para o bolso dos acionistas vendedores.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host