UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/01/2010 - 17h07

Governo venezuelano ocupa supermercados de rede francesa

CARACAS (Reuters) - A Venezuela ocupou nesta terça-feira supermercados da francesa Casino, dias depois de o presidente Hugo Chávez ordenar a nacionalização da rede por acusações de que teria aumentado injustamente os preços na esteira da desvalorização da moeda.

Autoridades e simpatizantes do governo assumiram uma das lojas em Caracas e o ministro do Interior, Tarek El Aissami, disse que seis lojas em todo o país estavam sendo ocupadas.

"Neste momento, todas as lojas Exito estão sendo ocupadas", disse El Aissami em um discurso televisionado. "Estamos lançando uma ocupação temporária, junto como nossos colegas de trabalho, assumindo o controle operacional da Exito".

Chávez ordenou a nacionalização dos supermercados no domingo, acusando-os de aumentar os preços sem uma justificativa depois que a Venezuela desvalorizou o bolívar em 8 de janeiro.

Na Venezuela, ocupação temporária é o primeiro estágio na desapropriação de negócios que estão sendo nacionalizados, disse uma fonte do governo.

Ações da Casino caíram 1,8% na segunda-feira, após Chávez ter anunciado a nacionalização, mas se recuperaram nesta terça-feira.

A Casino menosprezou a importância da Venezuela em sua linha final, dizendo que a contribuição da Exito para seus lucros em 2008 foi "quase nada".

(Reportagem de Ana Isabel Martinez)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host