UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 15h53

Controladora da American Airlines tem prejuízo no 4o. tri

Por Kyle Peterson

CHICAGO (Reuters) - A controladora da American Airlines, AMR Corp, divulgou nesta quarta-feira prejuízo trimestral, encerrando um ano marcado pela turbulência econômica e pela demanda fraca que abateu a indústria de aviação civil.

Mas a queda na receita foi menos severa do que alguns analistas tinham previsto e as ações da companhia experimentaram uma alta de mais de 1 por cento.

"A queda menor na receita e no tráfego sugerem que a AMR conseguiu lidar com a pior fase do recuo de faturamento", afirmou o analista Basili Alukos, da Morningstar.

"Entretanto, custos trabalhistas maiores prejudicaram a lucratividade."

A AMR é a primeira grande companhia aérea dos Estados Unidos a divulgar resultados do quarto trimestre. Das seis maiores empresas, apenas a Southwest Airlines deve divulgar lucro.

Especialistas culpam tarifas relativamente baixas pelos prejuízos esperados. A recessão afetou a indústria durante o ano e a demanda por viagens caiu, especialmente entre clientes corporativos.

"A crise de combustível de 2008 foi substituída pela pior recessão em décadas, que prejudicou a demanda por viagens de maneira profunda e apertou os mercados de capital", afirmou o presidente-executivo da AMR, Gerard Arpey, em comunicado.

"Estamos esperançosos de que tempos melhores virão", afirmou, "e nós estamos intensamente focados em retorno de lucratividade".

A AMR teve prejuízo líquido de quarto trimestre de 344 milhões de dólares, ou 1,03 dólar por ação, ante 347 milhões de dólares um ano antes, ou 1,24 dólar por papel.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host