UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 08h51

Crescimento do Brasil faz MAN elevar produção de caminhões no RJ

FRANKFURT, 20 de janeiro (Reuters) - A fabricante alemã de caminhões MAN planeja aumentar sua capacidade de produção no Brasil em quase 50 por cento e lançar um terceiro turno na fábrica de Resende (RJ), acompanhando os movimentos da rival maior Daimler Trucks.

A produção aumentará para 72 mil veículos contra 50 mil no ano passado e 700 novos funcionários devem se juntar à empresa, disse a MAN em declaração nesta quarta-feira.

"O Brasil deixou a crise econômica para trás e continuará a crescer este ano. Estamos confiantes de que outros países na América Latina também terão crescimento mais adiante", disse o presidente da MAN para América Latina, Antônio Roberto Cortes.

No ano passado, os negócios de Cortes controlavam cerca de 31 por cento do mercado brasileiro para caminhões com mais de 5 toneladas, superando os concorrentes por sete anos seguidos.

Empresas como a Daimler e a MAN estão procurando aproveitar a onda gerada pela maior necessidade de infra-estrutura à medida em que o Brasil se prepara para sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Em setembro, a Daimler anunciou que aumentará sua equipe em 800 pessoas em São Bernardo do Campo (SP), sua maior fábrica de caminhões pesados fora da Alemanha.

A MAN adquiriu a unidade brasileira de caminhões pesados da Volkswagen. Os primeiros caminhões das marcas próprias da MAN TGX e TGS devem ser produzidos na unidade brasileira até o fim do ano.

Cerca de 400 mil veículos foram produzidos em Resende desde 1996, dos quais aproximadamente 60 mil foram da linha Constellation, da Volkswagen.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host