UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/01/2010 - 10h19

Maersk descarta acordo de US$1,3 bilhão com Devon

COPENHAGUE (Reuters) - Um executivo da A.P. Moller-Maersk afirmou no domingo que um acordo para comprar a participação da Devon Energy em dois campos de petróleo no Golfo do México está descartado, depois que sócios nos ativos, entre eles a Petrobras, exerceram seus direitos de preferência na compra.

A Maersk no entanto ainda pode comprar uma participação em um terceiro campo, segundo o executivo.

Em dezembro, o grupo dinamarquês concordou em comprar as participações da norte-americana Devon nos campos de Cascade, St. Malo e Jack, no Golfo do México, por 1,3 bilhão de dólares, mas o acordo estava sujeito a uma concessão de direito preferencial de compra detido por outros parceiros.

"O acordo como é está cancelado, do nosso ponto de vista, para os campos de Cascade e St. Melo", disse à Reuters Jacob Bo Thomasen, chefe das marcas de gás e petróleo da Maersk.

O acordo preliminar em dezembro envolvia uma participação de 50 por cento no campo de Cascade, operado pela Petrobras, e 25 por cento nos campos de Jack e St. Malo, operados pela Chevron.

"Os parceiros nos campos de Cascade e St.Malo exerceram seus direitos preferenciais de comprar e a Maersk Oil agora considera as opções sob o acordo de compra com respeito ao campo de Jack", disse a Maersk em comunicado na sexta-feira.

(Reportagem de Anna Ringstrom)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host