UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/01/2010 - 07h54

Temores sobre medidas na China derrubam bolsas asiáticas

Por Umesh Desai

HONG KONG (Reuters) - As principais bolsas asiáticas tiveram queda nesta terça-feira, com Taiwan sofrendo sua pior desvalorização diária em seis meses à medida em que se acumulavam temores de que a China possa impor mais medidas para cercear o crescimento de empréstimos, potencialmente afetando a recuperação econômica global.

Destacando que a retomada global possa estar perdendo força, dados mostraram que o melhor momento de recuperação da Coreia do Sul pode ter passado no quarto trimestre. Assim, o país correr o risco de enfrentar ameaças mais sérias caso a demanda chinesa caia.

O índice MSCI da Ásia Pacífico exceto Japão perdia 2,09 por cento, a 396 pontos.

A bolsa de Tóquio caiu 1,78 por cento, a 10.325 pontos, menor fechamento em cinco semanas, com as recentes valorizações do iene afetando o desempenho de papéis de exportadoras.

Em Xangai a queda foi de 2,42 por cento, para 3.019 pontos, enquanto que em Hong Kong a desvalorização foi de 2,38 por cento, para 20.109 pontos.

O setor tecnológico sentia o movimento de vendas de ações na Ásia apesar dos fortes resultados da Apple e da boa perspectiva da fabricante de processadores Texas Instruments.

As empresas de tecnologia desfrutaram de um rali no ano passado e há cada vez mais sinais de que investidores estão embolsando os lucros, temendo que a demanda por eletrônicos possa se enfraquecer se a recuperação global não se mantiver.

Mercados mais dependentes de ações de tecnologia foram especialmente afetados pelos temores relativos à demanda chinesa. A bolsa sul-coreana caiu 1,97 por cento, para 1.637 pontos, enquanto que a de Taiwan recuou 3,48 por cento, para 7.598 pontos, menor nível desde 30 de novembro.

Na Austrália a queda foi menor, de 0,69 por cento, a 4.717 pontos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host