UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 08h42

Inflação e desemprego na zona do euro ficam abaixo do esperado

BRUXELAS, 29 de janeiro (Reuters) - Os preços ao consumidor na zona do euro ficaram abaixo do esperado em janeiro, um sinal de que as pressões inflacionárias permanecem controladas apesar da recuperação econômica, mostraram dados nesta sexta-feira.

A agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, informou que os preços ao consumidor nos 16 países que usam o euro subiram 1 por cento em janeiro em relação ao mesmo período do ano anterior, ante expectativas do mercado de 1,2 por cento e acima da inflação de dezembro, de 0,9 por cento.

A divulgação da Eurostat é preliminar e não contém a variação dos preços na comparação mensal, que só deve estar disponível no dia 26 de fevereiro.

Em outro relatório, a Eurostat disse que a taxa de desemprego na zona do euro subiu para 10 por cento em dezembro, ante um número revisado para baixo de 9,9 por cento em novembro. Foi a maior taxa de desemprego desde agosto de 1998.

Porém, o dado ficou abaixo da taxa de 10,1 por cento prevista por analistas ouvidos pela Reuters.

A agencia de estatísticas disse que o número de pessoas sem emprego subiu em 87 mil em dezembro ante novembro, para 15,763 milhões na zona do euro.

(Reporting by Jan Strupczewski)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host