UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 22h09

Presidente do BC argentino, Martín Redrado, renuncia ao cargo

BUENOS AIRES (Reuters) - O presidente do Banco Central da Argentina, Martín Redrado, renunciou ao cargo nesta sexta-feira depois de um duro conflito com o governo, que tenta se apropriar de 6,56 bilhões de dólares das reservas da entidade monetária para pagar dívidas.

Redrado, quem se opôs firmemente ao plano, anunciou sua demissão durante uma entrevista coletiva.

"A indignação foi mais forte", disse.

O funcionário estava afastado da liderança formal do Banco Central desde domingo, quando a polícia o impediu de entrar em seu gabinete.

A Justiça mantém bloqueada a transferência de reservas ao governo pelo Banco Central, conduzido formalmente por seu vice-presidente Miguel Pesce.

(Reportagem de Guido Nejamkis)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host