UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/01/2010 - 13h28

Obama diz que déficit dos EUA pode pôr recuperação em risco

Por Ross Colvin

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, renovou neste sábado seu compromisso de criar empregos como sua maior prioridade em 2010, mas disse que também é urgente reduzir o déficit orçamentário recorde que ameaça a recuperação da economia.

Obama utilizou seu discurso semanal no rádio e na Internet para lembrar aos norte-americanos várias propostas que avançaram na semana passada com o objetivo de estimular o crescimento no mercado de trabalho e diminuir o déficit de 1,4 trilhão de dólares.

A Casa Branca tem dito que Obama ainda está comprometido com a promessa feita no ano passado de reduzir à metade o "rombo" nas contas públicas até o final de seu governo, em 2013.

Mas em seu discurso no rádio feito neste sábado, ele falou apenas em "reduzir" o déficit.

Obama deve revelar na segunda-feira sua proposta de Orçamento para o ano fiscal de 2011, que começa em 1o de outubro e tem afirmado que incluirá um congelamento de gastos por três anos sobre alguns programas domésticos.

"Lançaremos um esforço sem precedentes para acabar com esses gastos ineficientes e desnecessários em nosso governo, e todo norte-americano poderá ver como e onde gastamos os dólares de contribuintes", disse.

Um estudo do Centro de Pesquisa Pew publicado nesta semana mostrou que 60 por cento das pessoas entrevistadas veem a redução do déficit orçamentário como a maior prioridade para 2010, nível acima dos 53 por cento apurado em 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host