UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 16h38

Governo estuda medidas de incentivo à exportação, diz secretário

BRASÍLIA (Reuters) - O governo analisa, juntamente com o setor privado, medidas de incentivo às exportações, afirmou nesta segunda-feira o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Welber Barral.

Para ele, a recuperação recente do dólar já ajudou a assegurar a manutenção de produtos brasileiros em alguns mercados no exterior.

"Estão ocorrendo várias análises, mas não há uma solução única porque o comércio exterior é uma operação complexa. Temos dezenas de tarefas a serem feitas", disse a jornalistas ao apresentar os dados da balança comercial de janeiro.

"Não existe milagre. Quais são as prioridades? Queremos que o setor privado nos diga."

Em Davos no final da semana passada, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou que o governo divulgaria em breve novas medidas para incentivar as exportações brasileiras e citou o papel do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no financiamento dessa atividade.

Barral avaliou ainda que a alta recente do dólar frente ao real foi importante, principalmente para assegurar a continuidade dos produtos brasileiros em alguns mercados.

Em janeiro, o dólar avançou 8,15% sobre o real, na primeira alta mensal desde agosto.

A balança comercial brasileira encerrou o primeiro mês do ano com déficit de US$ 166 milhões.

(Reportagem de Fernando Exman)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host