UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 15h21

Índice fecha em alta com ganhos do setor bancário

LONDRES (Reuters) - As bolsas de valores europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, com dados positivos dos Estados Unidos reforçando a visão de que o país está se recuperando, o que impulsionou as ações dos bancos, enquanto as mineradoras ganhavam devido aos preços mais altos dos metais.

O FTSEurofirst 300, índice das principais ações da Europa, encerrou em alta de 0,53 por cento, para 1.017 pontos, recuperando as perdas de mais cedo na sessão.

Os papéis dos bancos tiveram algumas das maiores altas do índice, com o Royal Bank of Scotland, Barclays, Credit Agricole, Commerzbank, Deutsche Bank e HSBC subindo de 1,1 a 7,9 por cento.

As ações foram impulsionadas por dados mostrando que o setor manufatureiro nos EUA cresceu mais que o esperado em janeiro, de acordo com o Instituto de Gestão do Fornecimento. O relatório veio após fortes dados da China, da Austrália e da zona do euro.

"A razão pela qual o mercado reagiu positivamente aos números de hoje é porque nós temos níveis de expectativas diferentes agora comparados aos de duas semanas atrás, quando o mercado estava mais alto", disse Lars Kreckel, estrategista de ações do Exane BNP Paribas.

"Com expectativas mais baixas, contrabalançadas com uma melhora momentânea, o mercado reagiu um pouco mais a notícias boas e isso deve continuar por algum tempo ainda", disse ele.

As mineradoras também ganharam, com os preços dos metais se recuperando de baixas anteriores. As ações da Anglo American, BHP Billiton, Eurasian Natural Resources, Kazakhmys e Xstrata avançaram de 1,5 a 2,7 por cento.

Individualmente, a empresa aérea irlandesa Ryanair subiu 6,7 por cento após a companhia ter elevado a sua previsão de lucro para o ano e após anunciar uma perda líquida menor que o esperado no terceiro trimestre.

Um dos destaques negativos foi Vivendi, caindo 2,6 por cento, após a gigante de mídia e telecomunicações francesa ter sido considerada culpada de enganar investidores por um júri norte-americano na sexta-feira.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,14 por cento, a 5.247 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,81 por cento, para 5.654 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,6 por cento, para 3.762 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,53 por cento, para 22.012 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 0,43 por cento, para 10.995 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 1,07 por cento, para 8.011 pontos.

(Reportagem de Harpreet Bhal)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host