UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 09h56

BCE: Trichet mudou viagem por questão meramente logística

BRUXELAS, 9 de fevereiro (Reuters) - O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, está adiantando seus planos de viagem, de sair da Austrália e retonar à Europa, meramente por questões logísticas, disse um porta-voz da entidade nesta terça-feira.

"O problema foi que, no último minuto, sua saída da Austrália foi mudada porque havia uma preocupação de que ele não conseguiria pegar uma conexão e, portanto, perderia a cúpula da União Europeia", disse o porta-voz, Wiktor Krzyzanowski à Reuters.

Mais cedo, autoridades do banco central da Austrália e do BCE haviam dito que Trichet estava diminuindo o tempo de viagem à Austrália para que pudesse participar de uma cúpula especial da União Europeia sobre economia em Bruxelas na quinta-feira.

De acordo com o BC australiano e com o site do BCE, Trichet ficaria na Austrália até quarta-feira.

A mudança na viagem levantou especulações nos mercados financeiros de que ele estaria voltando antes para casa para discutir a possibilidade de uma alguma forma de ação da UE para ajudar a Grécia a resolver seus problemas de dívida.

No entanto, Krzyzanowski disse que Trichet já havia recebido e aceitado em meados de janeiro o convite para participar da cúpula europeia.

"O evento australiano foi planejado há um ano e meio. O senhor Trichet recebeu o convite do presidente (da UE) Van Rompuy imediatamente quando o senhor Van Rompuy anunciou que estava convocando a cúpula, em 16 ou 17 de janeiro, e o senhor Trichet disse que com certeza participaria."

Krzyzanowski acrescentou que "a situação absurda (de especulações) decorreu do fato de que alguém na Austrália disse que o senhor Trichet estaria reduzindo sua viagem. Tornou-se uma grande coisa, sendo que o senhor Trichet apenas escolheu um voo mais cedo por medo de perder a conexão".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host