UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 12h56

Coca-Cola amplia volume de vendas com ajuda de países emergentes

Por Brad Dorfman

CHICAGO (Reuters) - A Coca-Cola apresentou um lucro trimestral em linha com as estimativas de analistas, com um forte volume de vendas na China, Índia e Brasil compensando uma queda na América do Norte.

Custos menores também ajudaram a aumentar o lucro da maior fabricante mundial de bebidas não alcoólicas, que ganhou mercado tanto no segmento de gaseificados quanto não gaseificados.

"Continua a ser uma história sobre crescimento no mercado emergente", disse o analista Phil Gorham, do Morningstar, observando "alguns números realmente muito fortes na China e Índia, particularmente quando se considera que eles estão na verdade crescendo sobre um forte trimestre em 2008".

A empresa afirmou que o lucro líquido atribuível aos acionistas cresceu para 1,54 bilhão de dólares, ou 0,66 dólar por ação, ante 995 milhões de dólares, ou 0,43 dólar por ação, um ano antes.

Analistas esperavam, em média, lucro de 0,66 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita operacional líquida subiu para 7,51 bilhões de dólares, com o volume de vendas crescendo 5 por cento.

O volume de vendas cresceu 7 por cento na América Latina, 11 por cento na região do Pacífico, 1 por cento na Europa e 5 por cento nas divisões da Eurásia e África.

Já o volume na América do Norte caiu 1 por cento no quarto trimestre, depois das reduções de 4 por cento no terceiro trimestre e de 1 por cento no segundo trimestre do nao passado.

(Reportagem de Brad Dorfman, reportagem adicional de Martinne Geller e Jessica Wohl)

REUTERS RB CB

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host