UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/02/2010 - 11h18

Uso da capacidade industrial sobe pelo 6o mês seguido

BRASÍLIA (Reuters) - O uso da capacidade instalada na indústria subiu em dezembro pelo sexto mês consecutivo e alcançou 81,7 por cento, maior patamar desde outubro de 2008, mostraram dados dessazonalizados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira.

Em novembro, o uso da capacidade instalada estava em 81,3 por cento e, em dezembro de 2008, em 79,4 por cento.

O economista da CNI Flávio Castelo Branco previu que o indicador continuará crescendo nos próximos meses, tendência que ele considera positiva. "É bom que recupere, porque sinaliza que as indústrias vão retomar seus investimentos e o grau de normalidade", afirmou a jornalistas.

Ele destacou que o uso da capacidade tem crescido de forma disseminada e gradual, e que ainda está abaixo dos níveis vistos antes da crise global, próximos a 83 por cento.

"Quando você olha o comportamento dos preços industriais, não há sinal de pressão inflacionária. Ao contrário", disse Castelo Branco.

No último mês do ano passado, o faturamento real da indústria cresceu 3,5 por cento ante novembro e o emprego aumentou 1,7 por cento, enquanto as horas trabalhadas recuaram 0,4 por cento.

Os dados mensais mostram a recuperação da indústria após um ano que registrou as primeiras retrações da série da CNI, iniciada em 2003.

O faturamento real do setor caiu 4,3 por cento em 2009 frente a 2008. No mesmo período, o emprego caiu 3,1 por cento, as horas trabalhadas despencaram 7,6 por cento e a massa salarial real sofreu retração de 1,5 por cento.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host