UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 14h23

Lula reforça que gostaria de ter Meirelles no BC até fim do ano

GOIÂNIA (Reuters) - Um dia depois de o presidente do Banco Central abrir mão de ser candidato ao governo de Goiás, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou um evento na capital do Estado para deixar claro seu desejo de que Henrique Meirelles permaneça à frente do BC até o final de seu mandato.


"Da última vez que eu vim aqui, eu citei o nome do Meirelles e deu um bafafá danado. Desta vez, eu já não vou citar mais. Desta vez, eu disse 'Meirelles fica no governo até o final, cumpra o seu mandato comigo até o final'", disse Lula ao lado de Meirelles, em evento em Goiânia.

"Se você vai ser candidato ou não, esta decisão é do PMDB. Se você vai ser o vice, eu não vou dar palpite", acrescentou Lula referindo-se à hipótese de Meirelles compor como candidato a vice a chapa da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência.

Nesta sexta-feira, o jornal O Popular, de Goiânia, publicou entrevista com Lula dando declarações semelhantes sobre Meirelles.

O presidente o BC divulgou nota, na véspera, abrindo mão de ser o candidato do PMDB ao governo de Goiás e reafirmando que seu futuro profissional será anunciado no final de março.

Nesta manhã, o ministro Paulo Bernardo (Planejamento), afirmou a jornalistas que Meirelles lhe disse que não disputará uma cadeira ao Senado por Goiás, que era outra das suas opções para as eleições deste ano.

A possibilidade de ser o candidato a vice na chapa de Dilma é considerada menos provável por lideranças peemedebistas, pelo fato de Meirelles ser novo no partido.

VIAJAR PELO PAÍS

Depois de ter sofrido uma crise de hipertensão no final do mês passado, Lula aproveitou para garantir que vai continuar viajando. "Quem acha que eu vou parar de viajar pelo país vai cair do cavalo."

(Reportagem de Isabel Versiani)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host