UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 10h25

Société Générale vê 2010 melhor após resultado fraco no 4o tri

Por Sudip Kar-Gupta

PARIS, 18 de fevereiro (Reuters) - O Société Générale espera que seus resultados melhorem em 2010 com menos baixas contábeis depois de ter apresentado nesta quinta-feira resultados fracos de quarto trimestre e assustado o mercado no mês passado com um alerta de lucro.

As ações do banco caíam 5,24 por cento às 9h13 (horário de Brasília), enquanto o índice da bolsa de Paris exibia valorização de 0,37 por cento. Analistas afirmaram que os números da instituição ainda precisam ser trabalhados para alcançarem rivais mais fortes.

Um operador baseado em Paris descreveu o resultado apresentado pelo Société como "conjunto de números de qualidade ruim", enquanto outro afirmou que pode haver realização de lucro na ação do banco após alta de 2,4 por cento na quarta-feira.

O segundo maior banco listado da França precisou reduzir muitas de suas atividades em banco de investimento depois de sofrer muito mais que os concorrentes com a crise financeira.

Nesta quinta-feira, o banco divulgou lucro líquido trimestral de 221 milhões de euros (303,4 milhões de dólares), contra 87 milhões de euros um ano antes e acima dos 150 milhões de euros previstos pelo mercado. Apesar disso, o resultado veio abaixo dos 426 milhões de euros do terceiro trimestre.

O banco ainda cortou dividendo de 1,2 para 0,29 euro.

Em janeiro, o SocGen disse que esperava somente um "lucro leve" para o quarto trimestre depois de registrar impacto de 1,4 bilhão de euros com ativos de risco mais alto.

O grupo, que sofreu um escândalo de corretagem em 2008 que causou perdas de 4,9 bilhões de euros, tem sido afetado por sua exposição a ativos tóxicos como obrigações colateralizadas de dívida (CDOs), apesar de esperar baixas contábeis menores este ano em relação a 2009.

"O ano de 2010 provavelmente será marcado por uma recuperação aguda nos resultados financeiros do grupo, notadamente devido à eliminação gradual do impacto da crise financeira", afirmou o Société Générale em comunicado. O banco também espera melhores resultados em suas divisões de varejo na França e no exterior.

O lucro líquido do banco no quarto trimestre é uma fração do ganho de 1,37 bilhão de euros divulgado pelo BNP Paribas, maior banco da França listado em bolsa, para o mesmo período. Também fica atrás de lucros de 1,3 bilhão de euros do Deutsche Bank, de 3,3 bilhões de dólares do JP Morgan e de quase 5 bilhões de dólares do Goldman Sachs.

O Société acrescentou que firmou acordo com seu parceiro russo, o Interros, para combinar o Rosbank e outras unidades russas do SocGen em uma nova entidade que seria controlada em 81,5 por cento pela instituição francesa.

A nova unidade empregará 30 mil pessoas e se tornará o quinto maior banco da Rússia em volume de carteira de crédito.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host