UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 13h36

Vendas do Wal-Mart caem nos EUA no 4o tri, mas lucro sobe

Por Nicole Maestri

SAN FRANCISCO (Reuters) - O Wal-Mart afirmou que as vendas de lojas abertas há pelo menos um ano caiu durante o quarto trimestre de 2009 e prevê resultado para o atual trimestre aquém das estimativas de Wall Street.

Os resultados lançam novas dúvidas sobre a capacidade do Wal-Mart de crescer à medida em que os Estados Unidos superam a recessão e o consumidor volta a gastar. As ações da companhia caíam 2 por cento antes da abertura do mercado.

A maior rede mundial de varejo admitiu que suas operações nos EUA ainda apresentarão vendas fracas, prevendo vendas estáveis em lojas abertas há um ano, excluindo-se combustíveis, dentro da faixa de aumento ou queda de 1 por cento no primeiro trimestre.

"As vendas nos EUA serão mais desafiadoras no primeiro trimestre, à medida em que o ciclo do Wal-Mart passa pelas comparações anuais e deflação", disse o presidente-executivo do Wal-Mart, Mike Duke. "Nos manteremos focados nas vendas de produtos de primeira linha e esperamos melhoras nos EUA conforme o ano avança."

O lucro para o quarto trimestre encerrado em 31 de janeiro subiu para 4,63 bilhões de dólares, ou 1,21 dólar por ação, contra 3,79 bilhões de dólares, ou 0,96 dólar por ação, um ano antes.

A empresa disse que o lucro por ação, excluindo-se encargo de 0,04 dólar por ação por conta de reestruturação e benefício fiscal de 0,10 dólar por ação, ficou em 1,17 dólar por ação.

Analistas esperavam em média lucro de 1,12 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas no trimestre subiram 4,6 por cento, para 112,82 bilhões de dólares, abaixo da previsão de 114,36 bilhões de dólares de Wall Street.

As vendas nos EUA em lojas abertas há pelo menos 1 ano caíram 1,6 por cento no último trimestre, com aumento de 0,7 por cento nas lojas Sam's Club e queda de 2 por cento na bandeira Walmart. A empresa previa vendas estáveis nessa base nos EUA, mais ou menos 1 por cento.

Para o primeiro trimestre, o grupo espera lucro por ação em operações contínuas entre 0,81 e 0,85 dólar. Analistas vêem um lucro de 0,85 dólar por ação.

Para o ano fiscal de 2011, o Wal-Mart projeta lucro por ação de 3,90 a 4,0 dólares. Analistas projetam lucro de 3,97 dólares por ação.

(Reportagem de Nicole Maestri)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host