UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 21h46

Vale conversará com líderes sindicais em greve no Canadá

TORONTO (Reuters) - A Vale terá conversas "exploratórias" com líderes sindicais da unidade de níquel em Sudbury, em Ontario, no Canadá, os primeiros sinais de movimento em uma greve que começou em julho do ano passado.

Os dois lados se encontrarão neste fim de semana com um mediador "para explorar potenciais maneiras de se avançar no impasse da negociação coletiva entre as partes", disse o sindicato United Steelworkers (USW), que representa os 3.100 trabalhadores em greve em Sudbury e em uma operação menor em Port Colborne, Ontario.

A greve teve início em meados de julho do ano passado e as relações desde então foram congeladas, especialmente desde que a Vale iniciou operações parciais de mineração no ano passado usando trabalhadores temporários e empregados de outras unidades.

A Vale, desde então, reiniciou parcialmente trabalhos de fundição e disse no início deste mês que analisa um eventual reinício completo das operações em Sudbury.

Os principais pontos de discussão incluem questões de aposentadoria e bônus financeiros aos trabalhadores atrelados ao preço do níquel.

(Reportagem de Cameron French)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host