UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/02/2010 - 16h54

Autoridade alemã nega notícia de apoio à Grécia

Por Lefteris Papadimas

ATENAS (Reuters) - A Alemanha e a França concordaram em ajudar a Grécia a vender títulos em troca por um esforço maior de Atenas para reduzir sua dívida, informou um jornal grego, mas um uma autoridade sênior do governo alemão negou a notícia.

O Ministério de Finanças da Grécia e a Comissão Europeia se negaram a comentar a notícia, que foi dada após sinais de que os esforços diplomáticos estão encaminhados para resolver a crise de dívida da Grécia.

Não houve comentário imediato do governo da França.

O banco de desenvolvimento estatal da Alemanha KFW vai comprar títulos do governo grego ou prover garantias para outros bancos comprarem os papéis, informou o Ta Nea, principal jornal da Grécia, citando fontes do setor bancário e do governo.

O banco estatal da França Caisse des Depots também está envolvido no apoio, acrescentou reportagem do Ta Nea, afirmando que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, discutiu o assunto por telefone com o primeiro-ministro grego, George Papandreou.

Em troca, o governo grego concordou em implantar medidas adicionais rigorosas para atingir a meta de reduzir o déficit orçamentário em 4 pontos percentuais este ano, completou o jornal.

A autoridade alemã, que pediu para não ser identificada, disse que tal acordo não existe.

"Não, essa notícia não tem sentido", disse a autoridade.

No entanto, uma fonte do parlamento alemão disse à Reuters que o governo está preparando secretamente um orçamento de emergência para um possível apoio à Grécia. O Ministério de Finanças negou a informação.

A crise grega causou turbulência nos mercados europeus e prejudicou a confiança no euro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host