UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 10h12

PIB da Itália cai 5% em 2009 e deficit orçamentário dispara

ROMA, 1º de março (Reuters) - A economia da Itália encolheu 5% em 2009, a maior queda da história pós-guerra, e o déficit no orçamento do país cresceu para 5,3% do Produto Interno Bruto (PIB), de 2,7% no ano anterior, mostraram dados nesta segunda-feira.

Os números estão em linha com as expectativas, e analistas disseram que, mesmo que a Itália ainda esteja lutando para sair da recessão, ela limitou os danos às finanças públicas melhor que muitos dos seus colegas.

"Nas contas públicas, vale observar o quanto o déficit piorou menos na Itália do que em muitos países europeus", disse Luigi Speranza, do BNP Paribas.

A dívida pública na Itália, a terceira maior economia da zona do euro, cresceu para 115,8% do PIB, de 105,8% em 2008, um aumento relativamente pequeno apesar da proporção dívida-PIB do país estar entre as mais altas da zona do euro.

Marco Valli, da Unicredit, concordou que não há "uma grande razão para alarme" sobre as finanças públicas italianas, mas disse que, no médio prazo, o governo deve procurar reduzir os gastos públicos, que subiram para o nível recorde de 52,5% do PIB, de 49,4% no ano anterior.

A Itália tem sido uma das economias mais lentas da zona do euro por mais de uma década, e a queda de 0,2% no PIB do quarto trimestre do ano passado não é um bom agouro para uma recuperação convincente em 2010.

(Reportagem de Gavin Jones)
 
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host