UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/03/2010 - 16h03

Deutsche Bank nega que financiamento à Grécia seja questionável

FRANKFURT (Reuters) - O Deutsche Bank negou neste sábado a matéria de uma revista que considerava "questionável" o seu financiamento de um acordo comercial grego há sete anos."

Uma reportagem da revista alemã Der Spiegel disse que o braço londrino do Deutsche Bank tinha organizado uma transação "legal, mas extremamente questionável" em 2003, em um acordo de armamentos que era aparentemente favorável às finanças do governo da Grécia.

"Nós negamos a acusação de questionabilidade", disse um porta-voz do Deutsche Bank, acrescentando que o acordo envolvia o financiamento do comércio de artigos normais.

A Der Spiegel disse que o Deutsche Bank, maior banco da Alemanha, tinha trabalhado com o Eurohypo, hoje unidade do Commerzbank, na transação.

A revista citou um porta-voz do Eurohypo dizendo que o banco fez bem no pedido de cerca de 1 bilhão de euros contra o governo grego em 2003, que foi, então, pago de volta no ano passado.

O papel dos bancos em aconselhar a Grécia sobre suas finanças atraiu especulações depois que as contas públicas do país foram mostradas em estado precário, causando tumulto no mercado sobre a possibilidade de uma moratória grega, pressionando o euro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host