UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/03/2010 - 14h50

Diretor do BCE diz não temer uma nova bolha de crédito

BERLIM (Reuters) - O membro do Conselho Executivo do Banco Central Europeu (BCE), Axel Weber, disse que não vê riscos de um novo excesso de crédito e que não há sinais de que a liquidez que o BCE forneceu aos bancos esteja elevando os preços na economia real.

Em entrevista à revista de negócios alemã Wirtschaftswoche, Weber acrescentou que o estudo do Fundo Monetário Internacional (FMI) sugerindo metas de inflação mais altas é uma proposta descuidada.

"Eu considero essa proposta descuidada e perigosa", disse Weber. "Uma meta de inflação mais alta desgastaria a credibilidade dos bancos centrais."

Weber disse que as medidas de liquidez que os bancos centrais disponibilizaram aos bancos deram apoio a eles.

"O Eurossistema começou no ano passado a retirar essas medidas", disse. "Até agora não há sinais de que os fundos adicionais do banco central estão saindo dos bancos para a economia real e aumentando os preços."

"Um novo excesso de crédito não deve ser temido", acrescentou.

(Reportagem de Paul Carrel)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host