UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 10h19

China avisa que alta do iuan será gradual

PEQUIM, 8 de março (Reuters) - Qualquer aumento na taxa de câmbio do iuan será gradual, disse o ministro do Comércio da China nesta segunda-feira, em comentários que ressaltam o conflito de interesses na elaboração de política chinesa.

Chen Deming disse que a interrupção na apreciação do iuan desde a metade de 2008 é parte de um conjunto de políticas pró-crescimento para fortalecer a economia durante a crise de crédito global. 

"Retirar os estímulos não significa que essas medidas desaparecerão. Elas ainda estarão lá, mas haverá uma regulagem mais exata", disse Chen à Reuters nos corredores de uma sessão anual do parlamento chinês.

A China fixou a taxa de câmbio em cerca de 6,83 iuans por dólar desde a metade de 2008 para ajudar seus exportadores durante a crise financeira global, e está sob intensa pressão dos Estados Unidos e da Europa para abandonar a taxa.

"O movimento e o grau de estabilidade do iuan em tempos de crise devem ser diferentes de quando não há crise", disse Chen, mas acrescentou: "A direção da reforma do iuan será gradual e controlada".

O presidente do banco central, Zhou Xiaochuan, falando no sábado, também reforçou a necessidade de os formuladores de políticas agirem com precaução.

(Reportagem de Langi Chiang e Simon Rabinovitch)
 
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host