UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/03/2010 - 15h09

Índice europeu cai em dia apático; Volkswagen sobe

LONDRES (Reuters) - As principais bolsas europeias recuaram ante a máxima em sete semanas nesta quinta-feira, com dados econômicos pouco sedutores e uma alta na inflação da China elevando a perspectiva de um aumento na taxa básica de juros no país.

O índice FTSEurofirst 300, que acompanha as principais empresas do continente, caiu 0,28 por cento, aos 1.055 pontos, depois de chegar a tocar os 1.060 pontos ao longo da sessão, melhor nível em sete semanas.

O setor financeiro figurou entre as maiores perdas, com o índice do setor, o STOXX Europe 600, cedendo 0,7 por cento. O Standard Chartered, HSBC, Barclays, BNP Paribas e Société Générale caíram entre 0,6 e 1,8 por cento.

"Temos uma falta de indicadores provavelmente para o curto prazo", afirmou Gerhard Schwarz, chefe de estratégia global de ações no UniCredit.

"Os números da China esta manhã nos lembraram que veremos maiores apertos nas condições globais nos próximos dois meses".

Dados mostraram que a inflação ao consumidor chinês saltou para o maior patamar em 16 meses em fevereiro e outros números mostraram força, oferecendo novos argumentos para um aperto na política mais cedo que o esperado.

Dados macroeconômicos dos Estados Unidos também não estimularam os investidores. O número de pedidos de auxílio desemprego caiu ligeiramente menos que o esperado na semana passada, apontando para uma recuperação lenta no mercado de trabalho.

Contudo, ações do setor automotivo foram procuradas. A Volkswagen disparou 7,7 por cento com a empresa aliviando os temores dos acionistas de que inundaria o mercado com novas ações, revelando planos de usar bônus conversíveis em ações juntamente com venda de ações para ajudar a financiar aquisições.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,41 por cento, a 5.617 pontos

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,14 por cento, para 5.928 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,37 por cento, para 3.928 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em baixa de 0,43 por cento, a 22.540 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,68 por cento, para 11.045 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve variação negativa de 0,06 por cento, para 7.971 pontos.

(Reportagem de Atul Prakash)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host