UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/03/2010 - 11h38

Dívida da Porsche diminui antes de aumento de capital em 2011

MUNIQUE (Reuters) - O endividamento da Porsche SE recuou, mas não o suficiente para garantir que o aumento de capital de 5 bilhões de euros (6,8 bilhões de dólares) no próximo ano deixará a holding livre de dívidas e pronta para se unir à Volkswagen.

A dívida líquida da montadora caiu a 6,1 bilhões de euros ao final do seu primeiro semestre fiscal, em 31 de janeiro, ante cerca de 11,4 bilhões de euros no final de novembro, em função principalmente do ganho com vendas de 3,9 bilhões de euros utilizado para reduzir as obrigações fiscais.

"O aumento de capital está previsto para o primeiro semestre de 2011", afirmou a Porsche SE em comunicado.

O lucro operacional da unidade de carros esportivos Porsche AG totalizou 329 milhões de euros no primeiro semestre, resultando em um retorno de vendas de 10,4 por cento.

A Porsche AG espera obter uma margem operacional de dois dígitos e aumentar levemente seus volumes de vendas no ano fiscal que termina em julho.

O lucro depois de juros e impostos da Porsche SE no primeiro semestre cedeu 84 por cento, depois que regulamentações financeiras obrigaram o grupo a reavaliar sua participação na Volkswagen.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host