UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 10h52

Endividamento público britânico bate recorde para fevereiro

LONDRES (Reuters) - A tomada de empréstimos pelo setor público da Grã-Bretanha atingiu o maior nível já registrado para um mês de fevereiro, mas cresceu menos do que o esperado por economistas, sugerindo que o governo pode reduzir suas previsões de dívida para o ano fiscal que termina em março.

Isso pode ser uma boa notícia para o ministro das Finanças Alistair Darling, enquanto ele luta contra um recorde de déficit orçamentário e prepara o orçamento anual para 24 de março antes das eleições de maio.

A agência nacional de estatísticas britânica disse que a tomada de empréstimos líquida do setor público em fevereiro foi de 12,361 bilhões de libras, abaixo da projeção de economistas de 14,75 bilhões mas acima dos 8,766 bilhões de libras de fevereiro de 2009.

O Tesouro britânico diminuiu as chances de uma redução grande.

Março é tradicionalmente um mês pesado de dívida porque os gastos estatais tendem a ser mais altos que o normal e as receitas com impostos mais baixas. Em 2009, o endividamento subiu para 20 bilhões de libras em março, de 8,8 bilhões de libras em fevereiro.

"Com um mês do ano financeiro faltando, os números de hoje estão totalmente alinhados com as previsões do nosso relatório pré-orçamentário", disse um porta-voz do Tesouro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host