UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 14h18

Obama assina lei de US$17,6 bilhões para criar empregos

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou uma lei de emprego de 17,6 bilhões de dólares nesta quinta-feira, e fez observações otimistas sobre a economia do país, dizendo que pode haver geração de empregos em breve.

Obama comentou a lei na Casa Branca, que inclui uma série de incentivos para ajudar as pequenas empresas a se recuperar da recessão, com o objetivo de criar postos de trabalho.

"Um consenso está se formando de que, em parte por causa das necessárias -- e frequentemente impopulares -- medidas que nós tomamos ao longo do ano passado, nossa economia está crescendo novamente e nós podemos acrescentar empregos em breve ao invés de perdê-los. A lei de empregos que eu vou assinar hoje é intencionada para ajudar a acelerar esse processo", disse ele.

Obama disse que, apesar de a lei ser "absolutamente necessária, de forma alguma ela é suficiente. Há muito mais que nós precisamos fazer para incentivar a contratação no setor privado e para gerar uma recuperação econômica completa."

A legislação isentará as empresas de pagar o imposto de 6,2 por cento sobre o pagamento de novos empregados anteriormente desempregados. Os empregadores também terão um crédito tributário de 1 mil dólares se esses trabalhadores estiverem no emprego depois de um ano.

A lei também dá subsídios a bônus de construção local e estatal e transfere 19,5 bilhões de dólares para um programa de construção de rodovias, estendendo-o até o final do ano.

(Reportagem de Steve Holland)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host