UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 12h29

Pré-sal pode ter produção igual a pós-sal já em 2015--ministro

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de petróleo da camada pré-sal no Brasil vai crescer rapidamente em 2013 e 2014 e já em 2015 poderá se igualar à produção das áreas convencionais, o chamado pós-sal, afirmou nesta quinta-feira o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

As informações do ministro contrastam com as projeções atuais da Petrobras, porque indicam um ritmo mais acelerado do crescimento da produção do pré-sal. O Plano de Negócios da companhia 2009-2013 está sendo reavaliado, mas ainda não foi divulgado ao mercado.

"O petróleo do pré-sal já começou a jorrar, em pequena quantidade, é verdade. Temos alguns poucos pilotos, mas essa produção tende a aumentar. Estimamos em 2013, 2014 uma grande produção. Talvez em 2015 o petróleo do pré-sal seja tão importante em valores que o petróleo que nós já exploramos hoje, o chamado pós-sal", disse Bernardo no programa Bom Dia Ministro.

"É uma estrutura muito grande... nós vamos gradativamente produzindo equipamentos, implantando o uso deles e começando a produzir. A produção vai ser crescente e talvez em 2015 seja maior que a produção de hoje do pós-sal", afirmou ele, novamente indicando o período daqui a cinco anos para que a produção da nova fronteira petrolífera se iguale à da área convencional de exploração, que por sua vez continua em crescimento.

De acordo com o Plano Estratégico da Petrobras vigente, a produção de petróleo do pré-sal somente chegaria próxima à produção do pós-sal depois de 2020 (veja tabela abaixo).

A produção de petróleo da Petrobras, praticamente toda ela de áreas do pós-sal (com exceção do TLD--Teste de Longa Duração de Tupi, que produz cerca de 18 mil barris diários), atingiu 1,97 milhão de barris/dia em janeiro.

Segundo a Petrobras, em 2015 o pré-sal estaria produzindo 582 mil barris/dia e chegaria a 1,81 milhão de barris em 2020.

A estatal espera que o projeto piloto de Tupi, a primeira grande estrutura de produção, com expectativa de 100 mil barris diários, entre em operação ainda nesse ano.

Veja abaixo a estimativa de evolução da produção de petróleo do pré-sal formulada pela Petrobras:

===================================

ANO PRODUÇÃO EM MIL

BARRIS DIA

2013 219

2014 368

2015 582

2016 959

2017 1.315

2018 1.532

2019 1.767

2020 1.815

==================================

PRODUÇÃO ATUAL

DO PÓS-SAL 1.972

==================================

(Reportagem de Daniela Machado e Marcelo Teixeira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host