UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/03/2010 - 11h41

Alemanha não descarta ajuda do FMI para Grécia

BERLIM (Reuters) - A Alemanha não descarta uma ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Grécia, afirmou nesta sexta-feira um porta-voz do governo.

"Nós continuamos confiantes de que os esforços de consolidação da Grécia serão bem-sucedidos", disse o porta-voz Ulrich Wilhelm a jornalistas, acrescentando: "Os sinais dos mercados de capital têm encorajado a avaliação de que isso está progredindo."

"O governo alemão não descarta um apoio do FMI", afirmou Wilhelm. Ele ponderou, no entanto, que não há decisão final no govermo alemão sobre o assunto.

Por outro lado, o porta-voz do Ministério de Finanças disse que o ministro Wolfgang Schaeuble tem reservas sobre a ideia de o FMI ajudar Atenas. Ele reiterou que o governo grego não procurou auxílio financeiro.

"A Grécia tem nosso total apoio político, técnico e consultivo", disse o porta-voz Michael Offer na mesma entrevista a jornalistas.

O comissário de assuntos monetários da União Europeia pediu aos líderes do bloco mais cedo que cheguem a um acordo sobre um pacote de auxílio standby para a Grécia na semana que vem, após Atenas ter dito que pode recorrer ao FMI se não houver uma resposta europeia mais firme.

Os chefes de Estado da UE devem discutir a questão em uma cúpula em Bruxelas na semana que vem.

Apesar das garantias verbais de ajuda da UE, investidores temem que possa ser impossível construir uma rede de segurança financeira na zona do euro para a Grécia por causa da relutância da Alemanha.

(Reportagem de Sarah Marsh e Erik Kirschbaum)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host