UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/03/2010 - 13h59

EADS pode voltar a disputar contrato de avião-tanque nos EUA

Por Maria Sheahan

FRANKFURT (Reuters) - A europeia EADS pode voltar à disputa por um multibilionário contrato de aviões-tanque nos Estados Unidos se o governo norte-americano conseguir reduzir suas preocupações de que os termos do contrato favorecem a Boeing.

"No final, a companhia somente irá submeter a proposta se houver uma chance justa de vencer, após a avaliação de todos os fatores relevantes", disse a EADS nesta sexta-feira, um dia depois de Washington deixar a porta aberta para uma última oferta.

A EADS havia dito que os termos da Força Aérea dos EUA para o contrato dos aviões-tanque, avaliado em cerca de 50 bilhões de dólares, foi alterado em favor da Boeing.

Na quinta-feira, o Pentágono disse que a EADS havia expressado um possível interesse em se manter na disputa pelo contrato para a construção de um avião de reabastecimento aéreo, mesmo com o fim de uma parceria transatlântica que foi formada para a licitação.

O Departamento de Defesa dos EUA disse que pode receber uma proposta da EADS da América do Norte como contratante principal e poderia considerar a ideia de ampliar para 10 de maio o prazo para ofertas, se necessário.

A Boeing e o Pentágono não comentaram imediatamente o comunicado da EADS.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host