UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 19h37

Paraná Banco diz que seguradoras garantirão R$6 bi a Belo Monte

SÃO PAULO (Reuters) - O Paraná Banco anunciou nesta quinta-feira a criação de um acordo entre as empresas JMalucelli Seguradora, Fator e UBF Seguros com o objetivo exclusivo de atender as garantias demandadas pelo projeto da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, cujo leilão ocorrerá em 20 de abril.

O valor total das garantias para o projeto da usina hidrelétrica localizada no Rio Xingu, no Pará, incluindo garantias a investidores e fornecedores, deve ser de cerca de 6 bilhões de reais, "o maior volume de garantias já originado por um único projeto no Brasil", afirmou a instituição financeira.

No entanto, o banco afirma que os investimentos previstos para o projeto são de 21 bilhões de reais, enquanto a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) afirma que os investimentos para a construção são de 19 bilhões de reais.

Segundo comunicado enviado pela companhia, a intenção do acordo entre as empresas, que juntas representam mais de 50 por cento do mercado brasileiro, é unir as experiências em subscrição, "bem como suas capacidades próprias e de resseguro visando proporcionar aos participantes do projeto, a capacidade necessária para atendimento às garantias exigidas pelo processo."

O preço-teto por megawatt-hora (MWh) em Belo Monte será de 83 reais, e vence o grupo ou consórcio que oferecer o menor deságio. O início do suprimento está previsto para 2015 e a concessão terá prazo de 30 anos.

As ações do Paraná Banco, que não fazem parte do Ibovespa, fecharam o dia com alta de 1,11 por cento, cotadas a 10 reais. O índice de referência da bolsa paulista, por sua vez, recuou 0,68 por cento.

(Por Carolina Marcondes)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host