UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 12h01

CNI vê indústria mais otimista com exportação, ociosidade menor

BRASÍLIA (Reuters) - A expectativa da indústria em relação ao crescimento da demanda nos próximos seis meses recuou ligeiramente em março frente a fevereiro, mas os prognósticos para as exportações melhoraram, mostrou sondagem da Confederação Nacional da Indústria divulgada nesta sexta-feira.

O indicador das expectativas para a demanda caiu para 66,1 pontos, contra 66,2 pontos em fevereiro. O indicador da quantidade exportada aumentou para 54,6 pontos, ante patamar anterior de 53,5 pontos.

Os indicadores da pesquisa variam de zero a 100, e valores acima de 50 pontos indicam expectativa positiva.

Segundo a sondagem, em fevereiro, o indicador que mede o uso da capacidade instalada em relação ao nível usual do mês aumentou para 48,9 pontos, frente a 48,3 pontos em janeiro. Apesar da alta, o número permanece abaixo dos 50 pontos, indicando que o uso da capacidade instalada permaneceu abaixo dos níveis usuais do mês.

Para a CNI, isso indica que "o país ainda não superou todos os efeitos da crise externa".

Os estoques da indústria se aproximaram mais do nível planejado em fevereiro, mas também ainda estão abaixo do que a indústria gostaria. O indicador foi para 48,8 pontos, ante 48,5 pontos na sondagem anterior.

O indicador de evolução da produção aumentou para 50,8 ponto, contra 49,2 pontos em janeiro.

A pesquisa foi feita junto a 1.234 empresas entre os dias 1o e 22 de março.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host